[RESENHA] – Madrugada Macabra – @SorayaAbuchaim

SINOPSE

Marcondes leva uma vidinha pacata, cuidando de seu pequeno negócio, um chaveiro com atendimento 24hs. Em uma noite qualquer, seu sono é interrompido e ele é chamado para um atendimento emergencial. O que Marcondes não sabia é que estava prestes a viver uma madrugada macabra, que mudaria definitivamente o curso da sua vida.

Resenha

Mais uma vez estou aqui pra falar de um livro dessa autora. Ela com certeza esta entre as minhas novas autoras favoritas. Mesmo eu não sendo muito uma leitora que curta gêneros de suspense, tenho que falar o quanto estou maravilhada e apaixonada por essa escrita e essas historias que ela cria.

Esse é um conto super-rápido de ler, eu mesma li em menos de 20 minutos. É um misto de sentimentos durante toda a leitura. Eu passei do nervosismo ao medo, ao desespero, passei pela pena, pela raiva pelo pânico, ate chegar ao final e falar: o quê aconteceu aqui?

Marcondes é aquela pessoa típica de filmes de suspense ou de terror. Ele faz exatamente aquilo que as pessoas não devem fazer em situações de perigo e suspeitas. Ele segue pessoas estranhas por caminhos desertos no meio da noite que dão em lugares mais afastados e obscuros ainda. Aí você vai lá e pensa: não seja idiota cara, não faça isso. Mas eu sou capaz de apostar meu braço direito que mais da metade de nós meros e simples mortais, faríamos a mesma coisa que ele. Sabe por quê? Porque somos curiosos, porque queremos saber mais do que deveríamos saber e porque nós temos a tendência a sempre gostar da sensação do perigo. Aquela sensação de que não é um filme e não vai acontecer conosco. A adrenalina que sentimos no nosso corpo nos da à sensação de que podemos enfrentar qualquer coisa e qualquer situação mesmo as mais estranhas.

Neste conto, nosso personagem principal, Marcondes, acaba descobrindo mais coisas do que ele deveria e que nem tudo na vida das pessoas acontece por acaso, e passa por aquela situação onde nós dizemos: por que foi que eu não fiquei na minha? Por que eu não entrei no meu carro e fui embora?

Eu fiquei de olhos arregalados do começo ao fim, e olha que foram apenas 20 minutos. Quanto mais o tempo passava mais a ansiedade me corroía. Quando eu achava que sabia o que iria acontecer, as coisas mudavam e tudo que eu sabia eu não sabia mais.

Um bom livro de suspense tem que fazer exatamente isso com o leitor quando chega ao fim, nos surpreender, nos deixar de boca aberta e nos fazer dizer: caramba, o que foi isso?

Parabéns Soraya, mais uma vez eu tenho que levantar e bater palmas pra você em pé.

51u3tx5t7cl-_sy346_ LINK: http://amzn.to/2kve7MP

 

 

Por Liliam Gonzaga
Blog Abrindo Janelas

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s